O Secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, deslocou-se a Atenas de 28 a 30 de outubro, para participar na 4ª edição do EU-ARAB World Summit (www.euroarabsummit.com). Interveio no painel subordinado ao tema “An era of realignment: The need for a new European-Arab world approach”, conjuntamente com o Ministro-Adjunto dos Negócios Estrangeiros da Grécia, o Ministro dos Negócios Estrangeiros e de Promoção do Comércio de Malta, o Ministro dos Negócios Estrangeiros do Qatar e o Secretário-Geral da União para o Mediterrâneo.

 

noticia se 31.10.2019aaa]O [Secretário de Estado da Internacionalização no 4th EU-ARAB World Summit]

Na vertente bilateral da visita, o Secretário de Estado da Internacionalização encontrou-se com o homólogo grego, o Vice-Ministro dos Negócios Estrangeiros para a Diplomacia Económica e a Internacionalização, Kostas Fragogiannis, e com o Vice-Ministro do Desenvolvimento e dos Investimentos, Ioannis Tsakiris.

Neste último encontro foi também acompanhado pelo CEO e pelo Administrador da Instituição Financeira de Desenvolvimento (IFD), Henrique Cruz e Frederico Serras Gago, respetivamente. A delegação da IFD teve ainda uma reunião separada com o Chairman e CEO do Hellenic Development Bank e do Hellenic Development Bank Investments, Antonios Georgakakis.

O estreitamento das relações económicas e comerciais entre Portugal e a Grécia dominaram as conversações do Secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, com os membros do Executivo grego, tendo sido acordada a organização no futuro próximo de missões empresariais nos dois mercados, com destaque para os setores da economia azul e da energia.

A balança comercial de bens de Portugal com a Grécia é largamente favorável a Portugal, com as exportações e o número de empresas portuguesas exportadoras para este mercado a crescer notavelmente ao longo dos últimos anos. Desta forma, a Grécia é um parceiro comercial cada vez mais importante para Portugal e um mercado de oportunidades para as empresas portuguesas de diversos setores de atividade.

As exportações portuguesas de bens nacionais para a Grécia alcançaram os 180,4 milhões de euros em 2018, verificando-se um aumento significativo, de quase 55 milhões de euros, desde 2016. Este ano, no período de janeiro a julho, as exportações foram de 143,9 milhões de euros, mais 42,5 milhões de euros que no mesmo homólogo do ano passado (+ 42%).

Em 2018, a quota da Grécia no comércio internacional português de bens foi de 0,62 por cento como cliente (33ª posição) e 0,25 por cento como fornecedor (44ª posição).

De acordo com os dados do INE, o número de empresas portuguesas que exportam os seus produtos e serviços para a Grécia aumentou consideravelmente no período de 2014-2018, passando de 752 empresas em 2014, para 875 em 2018.

Os principais grupos de produtos exportados de Portugal para a Grécia em 2018 foram os combustíveis minerais (13 por cento), os veículos e outros materiais de transporte (11,6 por cento), os plásticos e borrachas (11,2 por cento), os produtos alimentares (10,9 por cento), as máquinas e aparelhos (8,8 por cento) e as pastas celulósicas e papel (8,6 por cento).

noticia se 2 31.10.2019

[O Secretario de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, em Atenas com o Embaixador de Portugal, Rui Manuppella Tereno, e com o Delegado da AICEP, Laurent Armaos.]

  • Partilhe