Embaixada de Portugal na Grécia

Ministério dos Negócios Estrangeiros

Visita Oficial do Primeiro-Ministro de Portugal António Costa à Grécia

«CADA REFUGIADO QUE CHEGA À GRÉCIA É UM REFUGIADO QUE CHEGA À EUROPA E, NESSA MEDIDA, A PORTUGAL»
«Nós não temos o afluxo de refugiados que a Grécia tem tido, mas cada refugiado que chega à Grécia é um refugiado que chega à Europa e, nessa medida, um refugiado que nós entendemos que chega também a Portugal», afirmou o Primeiro-Ministro pm grAntónio Costa na conferência de imprensa com o seu homólogo grego, Alexis Tsipras, em Atenas, onde se deslocou em visita oficial de um dia.
 
O Primeiro-Ministro acrescentou que «por isso desde a primeira hora manifestámos o total empenho e disponibilidade para colaborar ativamente, quer com a União Europeia, quer bilateralmente com a Grécia, em todas estas dimensões».
 
António Costa referiu que «temos elementos da Marinha portuguesa participando da missão da NATO que vigia o Mar Egeu» e «temos um conjunto de oficiais quer da GNR quer do SEF empenhados nas operações do EASO e da Frontex».
 
«Mas também, desde o primeiro momento, manifestámos a nossa disponibilidade de, para além do número de refugiados que o conjunto dos países da União Europeia aceitaram receber em operações de relocalização, nos disponibilizarmos para, numa base bilateral com o Governo grego, aceitar a relocalização de refugiados que queiram encontrar uma nova oportunidade de reconstruir a sua vida em Portugal».
 
Para visualizar a declaração conjunta dos Primeiros-Ministros de Portugal e da Grécia clique aqui.
Partilhar:
FacebookTwitterGoogle +E-mail